sábado, 31 de março de 2012

0 RISCO DOS PACTOS INTERNACIONAIS


Isaías 7(18-25)

18-Porque há de acontecer que naquele dia assobiará o SENHOR às moscas, que há no extremo dos rios do Egito, e às abelhas que estão na terra da Assíria;

19-E todas elas virão, e pousarão nos vales desertos e nas fendas das rochas, e em todos os espinheiros e em todos os arbustos.

20-Naquele mesmo dia rapará o Senhor com uma navalha alugada, que está além do rio, isto é, com o rei da Assíria, a cabeça e os cabelos dos pés; e até a barba totalmente tirará.

21-E sucederá naquele dia que um homem criará uma novilha e duas ovelhas.

22-E acontecerá que por causa da abundância do leite que elas hão de dar, comerá manteiga; e manteiga e mel comerá todo aquele que restar no meio da terra.

23-Sucederá também naquele dia que todo o lugar, em que houver mil vides, do valor de mil siclos de prata, será para as sarças e para os espinheiros.

24-Com arco e flecha se entrará ali, porque toda a terra será sarças e espinheiros.

25-E quanto a todos os montes, que costumavam cavar com enxadas, para ali não irás por causa do temor das sarças e dos espinheiros; porém servirão para se mandarem para lá os bois e para serem pisados pelas ovelhas.

- O Sábio e a Ilusão


Era uma vez, um grande sábio cujo nome era Nárada. Seu conhecimento da Unidade da vida era perfeito. Ele conseguia agir sempre de maneira serena e amorosa. Fazia tudo como um presente para Deus. E, quando chegavam à sua vida os resultados de suas ações, ele os recebia com satisfação e agradecimento. Mesmo quando diferiam de sua expectativa ou contradiziam o seu desejo, ele se comprazia com os resultados, sabendo que eles obedeciam às Amorosas Leis Cósmicas. De fato, ele considerava tudo que lhe acontecia como um amoroso presente dado pela Fonte de todo amor. Ele ouvia às pessoas falar da dificuldade de escolher a verdade e de confiar no amor, mas não conseguia imaginar tal situação, tão natural era para ele agir com sabedoria. Uma vez chegou na sua aldeia um respeitado yogui. Todos se reuniram para escutá-lo falar sobre a vida. E a curiosidade de Nárada foi de novo despertada quando ouviu o yogui discursar sobre Maya, a Ilusão ou erro de compreensão que faz com que seres cuja natureza é paz e plenitude possam se sentir ansiosos e carentes, que faz com que seres perfeitos e divinos se considerem limitados e insignificantes. Nárada, não chegava a entender. Para ele tudo era uma dança cósmica de luz e harmonia, não conseguia ficar cego à Presença Divina e muito menos encontrar qualquer sinal da famosa Maya ou Ilusão que enfeitiça os homens. Nessa noite, como de costume, Nárada sentou-se em meditação para deliciar-se com a contemplação do Amado Divino. E, como sempre, o Senhor do Cosmos sentou-se à sua frente para deleitar-se com o néctar de devoção oferecido pelo seu devoto. Depois de alguns momentos em amorosa comunhão, Nárada disse: Amado Senhor, ouvi falar muito da força de Tua Maya, e senti o desejo de conhecer o Jogo da Ilusão. E acrescentou com total confiança na bondade divina: Me concedes isso?. E Deus assentiu sorrindo: Claro, por que não?.Passaram-se algumas horas em vibrante e luminoso silêncio findas as quais Deus, com seu poder onipotente, materializou um cântaro e pediu a seu devoto: -Estou com sede, poderias trazer-me um pouco de água do rio?. Nárada levantou-se graciosamente e feliz de poder servir o seu Amado, percorreu a curta distância que o separava do rio. Chegando na margem, inclinou-se para encher o cântaro. Ouviu então alguns passos e virando-se para um lado pode contemplar a forma mais maravilhosa que jamais tivera visto. Trêmulo de emoção deixou o cântaro no chão e aproximou-se daquela figura feminina de contornos inebriantes. Que rosto! Que olhos! - murmurava fascinado. Percebeu então que o sol despontava no horizonte e o céu explodia em tons dourados e azuis, e pensou Isto só pode significar o amanhecer de minha própria vida!. E, em poucos instantes, aproximando-se da jovem, sua voz apaixonada descreveu poeticamente a intensidade e profundidade de seus sentimentos, e a necessidade absoluta de desposar a bela mulher. Os poucos segundos que se sucederam até a jovem dar a sua resposta, pareceram intermináveis séculos para Nárada. Mas a angústia de seu peito foi colmada de alegria quando ouviu da moça o mesmo desejo de compartilhar as suas vidas. Os anos se passaram. Depois de muito esforço, conseguiram construir uma pequena casa na margem do rio. Algum tempo depois, felizes, comemoraram a primeira gravidez. O primogênito trouxe-lhes grande alegria, assim como o segundo e o terceiro filho. Narada os educava com paciência, e observava com orgulho como eles iam se desenvolvendo. Sua esposa continuava bela, mesmo depois da juventude ter ficado para trás. E, apesar das divergências e freqüentes discussões, o amor entre eles continuava firme e inspirador. Um dia, quando as crianças já tinham chegado na adolescência, o céu ficou escuro muito antes do entardecer. Uma grande tormenta se aproximava. Os três garotos brincavam no rio, numa balsa em cuja construção trabalharam por mais de uma semana. A mãe aproximou-se do rio e pediu para eles saírem. Mas eles, muito confiantes, disseram que estavam prontos para enfrentar qualquer tempestade. A mãe, aflita, correu até onde o seu marido trabalhava a terra e o trouxe consigo até a margem do rio. O pai ordenou as crianças que voltassem, mas já era tarde demais. A tormenta desatava seu furor levantando incontroláveis ondas que sacudiam mortalmente a frágil balsa, a essa altura totalmente fora de controle. Os pais desesperados lançaram-se ao resgate num pequeno barco que possuíam. Lutaram bravamente, mas em vão. O rio engoliu a jangada e as crianças diante do olhar impotente de Nárada e sua esposa. O casal gritava em tremenda aflição e o clamor do seu pranto podia ouvir-se por sobre a voz ensurdecedora da tempestade. Mas, quando a desgraça parecia ter alcançado o seu fim, eis que uma imensa onda varre a superfície do barco arrastando consigo a mulher de Narada. Ele se joga ao rio tentando tirar dele seu último tesouro. Mas seu esforço sobre-humano é em vão. Com o coração partido, consegue manter-se flutuando enquanto a tormenta vai amainando. Finalmente, chega na margem do rio. Com a alma rasgada e o rosto encharcado em lágrimas, Nárada levanta os braços ao céu e, no limite do seu desespero, clama por Deus. Misturando raiva e desolação grita pedindo forças e compaixão. Abrindo caminho entre as ondas emocionais de sua tempestade interior, sua alma agita os céus exigindo compreensão do sentido disso tudo, do sentido da vida. Com o corpo agitado por seu choro, curvado pela a dor em seu peito, Narada não percebe que alguém se aproxima. Mas pode sentir que uma mão toca gentilmente em seu ombro, e pode ouvir quando uma voz serena o chama pelo nome. Levantando o rosto e enxugando as lágrimas vê alguém que conhece, mais não lembra de onde. E esse Alguém lhe diz com um sorriso maroto: Nárada, que fazes? Por que gritas? Estou com sede, cadê a minha água?.

Uma história da tradição do Vedanta recontada pelo Prof. Andrés De Nucciofonte:

sexta-feira, 30 de março de 2012

O SINAL DE DEUS


Isaías 7(1-17)

1-Sucedeu, pois, nos dias de Acaz, filho de Jotão, filho de Uzias, rei de Judá, que Rezim, rei da Síria, e Peca, filho de Remalias, rei de Israel, subiram a Jerusalém, para pelejarem contra ela, mas nada puderam contra ela.

2-E deram aviso à casa de Davi, dizendo: A Síria fez aliança com Efraim. Então se moveu o seu coração, e o coração do seu povo, como se movem as árvores do bosque com o vento.

3-Então disse o SENHOR a Isaías: Agora, tu e teu filho Sear-Jasube, saí ao encontro de Acaz, ao fim do canal do tanque superior, no caminho do campo do lavandeiro.

4-E dize-lhe: Acautela-te, e aquieta-te; não temas, nem se desanime o teu coração por causa destes dois pedaços de tições fumegantes; por causa do ardor da ira de Rezim, e da Síria, e do filho de Remalias.

5-Porquanto a Síria teve contra ti maligno conselho, com Efraim, e com o filho de Remalias, dizendo:

6-Vamos subir contra Judá, e molestemo-lo e repartamo-lo entre nós, e façamos reinar no meio dele o filho de Tabeal.

7-Assim diz o Senhor DEUS: Isto não subsistirá, nem tampouco acontecerá.

8-Porém a cabeça da Síria será Damasco, e a cabeça de Damasco Rezim; e dentro de sessenta e cinco anos Efraim será destruído, e deixará de ser povo.

9-Entretanto a cabeça de Efraim será Samaria, e a cabeça de Samaria o filho de Remalias; se não o crerdes, certamente não haveis de permanecer.

10-E continuou o SENHOR a falar com Acaz, dizendo:

11-Pede para ti ao SENHOR teu Deus um sinal; pede-o, ou em baixo nas profundezas, ou em cima nas alturas.

12-Acaz, porém, disse: Não pedirei, nem tentarei ao SENHOR.

13-Então ele disse: Ouvi agora, ó casa de Davi: Pouco vos é afadigardes os homens, senão que também afadigareis ao meu Deus?

14-Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel.

15-Manteiga e mel comerá, quando ele souber rejeitar o mal e escolher o bem.

16-Na verdade, antes que este menino saiba rejeitar o mal e escolher o bem, a terra, de que te enfadas, será desamparada dos seus dois reis.

17-Porém o SENHOR fará vir sobre ti, e sobre o teu povo, e sobre a casa de teu pai, pelo rei da Assíria, dias tais, quais nunca vieram, desde o dia em que Efraim se separou de Judá.

Deus leva muito a sério o que você pede



Olá queridos e amados do Senhor!!

Sabia que Tudo que você fala Deus leva muito a sério?
E Ele leva em conta a maneira, e o jeito que você pede.
A Palavra de Deus diz que "Pedi e não recebeis, porque pedis mal Tg 4: 3

Já ouvi relatos de pessoas que em suas orações, pedem ao Senhor assim:
" Ah paizinho, eu gostaria de ter só uma casinha simples pra morar", ou "Se eu tiver um emprego mesmo que seja simples em determinada empresa eu já estou feliz, pois só em entrar neste trabalho já é uma vitória". "Se eu ver meu filho, concluir o ensino médio já esta bom".ou !Vou fazer uma reunião e vier somente 30 mulheres e uma vida se converter eu já me dou por satisfeita!"

E o Senhor leva muito em conta nossas palavras. Nosso Deus é um Deus de detalhes!!!
Mas quando começamos a andar alinhados com a Palavra profética, começamos a conhecer o coração de Deus, compreendemos a grandeza do Deus que servimos, então nossos olhos começam a se abrir.
A vida de Deus começa a a entrar em nós e então começamos a ter as mesmas atitudes do nossos Deus!!
Observamos que em Gn 28 a Terra foi dada aos homens para ser sujeitada e dominada, e por esta razão eu posso ser um grande administrador, ao invés de pensar pequeno. Olhas pro mar e vermos que podemos dominá-lo, então criar projetos para navegar, começa a ser algo acessivo. Mergulhar com os peixes, passa a nos atrair, e então inicia-se uma pesquisa para conhecer as maravilhas da profundeza das águas a qual Deus deu ao homem para dominar.
Olhamos para o céu lindo e azul e a imaginação de voar como as aves do céu começa a crescer dentro de nós, e a vontade de atingir as alturas já não mais nos atemoriza, mas nos impulsiona a criar aviões, trabalhar nas máquinas e voar!!!!!!!
Deus deu ao homem inteligência e Sabedoria e Espírito de Revelação para nos acompanha em todo o tempo.
Eu conheço mulheres que começaram a ajudar seus maridos em uma atividade financeira simples e hoje são empresárias de sucesso, homens que pediram ao Senhor um jeito de evangelizar, e ganharam o mundo através de palavras simples vinda do espírito Santo.
Que lindo amados saber que temos potencial, e temos um aliado que se chama Espírito Santo, que Ele nos ajuda a saber quem somos, nossa identidade em Deus!!
Então queridos concentre-se em pedir ao senhor coisas grandes, sonhe, projete e avance!! Dê o primeiro passo, pois enquanto você viver ainda há esperanças pra concluir coisas grandes!
Esta semana eu tive uma experiência incrível com Deus:
Eu estava ouvindo da minha pastora uma Projeto de Evangelismo a qual cada mulher deveria gera uma outra mulher não crente, amá-la, cuidá-la, discipular-la e batizá-la.E seríamos como Noemi e Rute, e este também é o nome do Projeto.
E em meu coração eu pedi ao Senhor, uma mulher que morasse perto da minha casa, mas que tivesse realmente disposta a me ouvir, que fosse uma pessoa que estivesse muito mal espiritualmente mas que estivesse disposta a receber de Deus a libertação. E que esta pessoa me encontrasse e me chamasse para ajudá-la.
Amados pasmem!!
Eu sai da Igreja fui ao lado oposto ao caminho da minha casa e junto com uma amiga e deparei com uma mulher em um estado deplorável, suja, bêbada, endemoniada, oprimida que olhou pra mim antes de eu avistá-la e me pediu: " Me ajuda, cuida de mim eu preciso de você"!!
E eu chorei por saber que Deus levou a sério o que as coisas que eu falo e peço.
No meio da rua mesmo,abracei aquela mulher, fizemos a oração da fé, ela aceitou Jesus no meio da rua e chorando abraçadas,eu disse a ela você crer que Deus me trouxe aqui e vai mudar a história a sua vida?
Ela respondeu que sim. Ela me levou à casa dela, começamos um trabalho de libertação e estamos caminhando com Jesus!!
Não é lindo??? eu estou impactada até agora. Vejo Deus agindo todos os dias na minha vida, mas naquele momento algo sobrenatural aconteceu comigo. Senti-me como de tivesse em trabalho de parto no meio da rua, e ao ver aquela moça aceitar a Cristo, era como se meu bebê espiritual nascesse. e ao deixá-la em casa, senti-me como se tivesse deixado meu filho na UTI, mas que Deus estava e está cuidado dela.
Então queridos leve Deus a sério, Pois Ele leva muito a sério o que você pede.
Pense grande, ame muito e doe-se. Doando sua vida, Deus estará cuidando das suas coisas.
Lembre-se: " dai e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também. Lc 6: 38"

Você é o presente de Deus para esta geração, então expresse a glória de Deus e exale o bom perfume de Cristo por onde você passar!!

Por Penha Flor e Espírito Santo

quinta-feira, 29 de março de 2012

DEUS ESTA COM CONOSCO


Isaías 6 (1-13)

A VOCAÇÃO DE ISAÍAS

1-No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi também ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo.

2-Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam.

3-E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória.

4-E os umbrais das portas se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça.

5-Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos.

6-Porém um dos serafins voou para mim, trazendo na sua mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz;

7-E com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniqüidade foi tirada, e expiado o teu pecado.

8-Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.

9-Então disse ele: Vai, e dize a este povo: Ouvis, de fato, e não entendeis, e vedes, em verdade, mas não percebeis.

10-Engorda o coração deste povo, e faze-lhe pesados os ouvidos, e fecha-lhe os olhos; para que ele não veja com os seus olhos, e não ouça com os seus ouvidos, nem entenda com o seu coração, nem se converta e seja sarado.

11-Então disse eu: Até quando Senhor? E respondeu: Até que sejam desoladas as cidades e fiquem sem habitantes, e as casas sem moradores, e a terra seja de todo assolada.

12-E o SENHOR afaste dela os homens, e no meio da terra seja grande o desamparo.

13-Porém ainda a décima parte ficará nela, e tornará a ser pastada; e como o carvalho, e como a azinheira, que depois de se desfolharem, ainda ficam firmes, assim a santa semente será a firmeza dela.

O AMOR DE DEUS


Um amor puro, fiel, único, verdadeiro, incomparável, eterno... Esse é o amor de Deus por nós.

O AMOR DE DEUS

I João 3:1-2; 4:19

O desamor tem tomado conta da sociedade de maneira intensa. Então muitos não acreditam mais no amor e vivem na defensiva. O mundo em que vivemos é o mundo da injustiça, do engano e da maldade. A sinceridade e a honestidade estão fora de moda. Este é o mundo em que vivemos. Um mundo sem amor, pois o que norteia é o medo e a desconfiança.

Mas na Palavra de Deus nos deparamos com a mensagem do amor: I João 3:1 - "Vede que grande amor nos tem concedido o Pai...

João 3:16 - "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."

Percebemos o amor de Deus pela presença Dele desde a antiguidade na providência pra com o Seu povo. Encontramos de forma clara na peregrinação do povo de Deus no deserto. Percebemos o amor de Deus quando Ele levanta profetas para anunciar a vinda do Messias ao mundo. É a manifestação do amor de Deus, quando Ele por amor se deu ao mundo através de Jesus.

Como podemos perceber o amor de Deus?

Quando Jesus é crucificado no Calvário, Ele disse: "Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem." Quando no terceiro dia, Ele ressuscitou para que tivéssemos a garantia da vida eterna. Quando experimentamos o toque da graça de Deus, chamando-nos para a salvação de nossas vidas.

Em tudo isto podemos perceber o amor de Deus através de muitos relatos da Palavra de Deus.

Esse amor tem nos incomodado? Será que desconfiamos do amor de Deus? Como analisar a profundidade deste amor?

I João 4:19 - Nós amamos porque existe um Deus que nos amou primeiro. Como ficar inerte perante um amor tão grande?

Pela fé podemos dizer isso e também podemos assumir este compromisso, porque esta é a principal virtude da fé cristã - "o amor."

Qual a nossa resposta diante de um mundo que não acredita mais no amor? Diremos: "Eu amo? Ou insistiremos na: mágoa, na dor, no lamento, na reclamação?

Que possamos pela fé dizer: "Eu amo Jesus... porque Ele me amou primeiro."

O amor do Senhor Jesus por você é tão grande que vai inundar seu coração e transbordar como um rio de água viva atingindo outras vidas de forma pura e sincera!

QUE DEUS ABENÇOE VOCÊ PODEROSAMENTE TODOS OS DIAS DE SUA VIDA
AUTOR DESCONHECIDO

quarta-feira, 28 de março de 2012

A INVASÃO


Isaías 5:26-30

26-E ele arvorará o estandarte para as nações de longe, e lhes assobiará para que venham desde a extremidade da terra; e eis que virão apressurada e ligeiramente.

27-Não haverá entre eles cansado, nem quem tropece; ninguém tosquenejará nem dormirá; não se lhe desatará o cinto dos seus lombos, nem se lhe quebrará a correia dos seus sapatos.

28-As suas flechas serão agudas, e todos os seus arcos retesados; os cascos dos seus cavalos são reputados como pederneiras, e as rodas dos seus carros como redemoinho.

29-O seu rugido será como o do leão; rugirão como filhos de leão; sim, rugirão e arrebatarão a presa, e a levarão, e não haverá quem a livre.

30-E bramarão contra eles naquele dia, como o bramido do mar; então olharão para a terra, e eis que só verão trevas e ânsia, e a luz se escurecerá nos céus.

O viajante


Um homem, tendo que fazer uma longa viagem, se preparou como melhor lhe convinha. Teria um longo caminho pela frente, quase cem anos, e neste tempo, enfrentaria muito sol, muita chuva, muito frio, enfim, inúmeros obstáculos. Achava que nada poderia detê-lo. Para a sua caminhada, tomou calçados, roupas, chapéu, enfim, tudo o que achava necessário.

E tudo era novo. Pensou em seu destino e em tudo de valor que achava possuir. Abriu sua mochila, e nela colocou tudo, calçado, roupa, chapéu, achando que se não os usasse no seu dia a dia, ao final, teria tudo ao seu dispor, quando quisesse. E novo.

Colocou tudo às costa, e partiu. Ao longo de sua vida, após varias trilhas, viu-se cansado e não pode mais continuar. Estava exausto. O peso as suas costas, com o seu tesouro, já lhe era insuportável. Seus pés, rachados e sangrando, seu corpo surrado e frágil, sua cabeça ferida e seu pensamento, sem direção. Olhou para os seus pés e para seu calçado. O sapato continuava novo, e seus pés, acabados.
Tomou a sua roupa nova e tocou o seu corpo velho e dolorido. Levantou o seu chapéu, novo, e tentou colocá-lo em sua cabeça inchada. Faltava muito para chegar ao topo, e tudo que possuía, novo, tal como preservou, de nada lhe servia agora. Pensou em abandonar tudo. Já havia abandonado no princípio.
Em silêncio, e pela primeira vez, concluiu que se tivesse utilizado o seu calçado, ele estaria velho, mas seus pés, doloridos, apenas. Se tivesse se vestido, sua roupa estaria rota, mas, seu corpo não estaria cansado e sujo. Se tivesse usado o seu chapéu, ele estaria com sua abas caídas, mas sua cabeça não estaria por estourar de dor.
Refletiu, e reconheceu que ali estavam os seus verdadeiros amigos. Para servi-lo, a todo instante, porém tentando somente preservá-los, não permitiu que eles participassem de sua vida.

Lembre-se:

Os seus amigos não querem estar somente em uma mochila, como o calçado, a roupa, o chapéu, como um fardo. Querem é estar contigo, em toda a sua jornada, mesmo que cheguem desgastados, sujos, cansados, porém, certos de que, de algum modo, aliviaram a sua dor, seu sacrifício e participaram de sua alegria, e chegaram ao fim, todos juntos.

AUTOR DESCONHECIDO

terça-feira, 27 de março de 2012

MALDIÇÃO CONTRA O PODEROSOS


Isaías 5:8-25

8-Ai dos que ajuntam casa a casa, reúnem campo a campo, até que não haja mais lugar, e fiquem como únicos moradores no meio da terra!

9-A meus ouvidos disse o SENHOR dos Exércitos: Em verdade que muitas casas ficarão desertas, e até as grandes e excelentes sem moradores.

10-E dez jeiras de vinha não darão mais do que um bato; e um ômer de semente não dará mais do que um efa.

11-Ai dos que se levantam pela manhã, e seguem a bebedice; e continuam até à noite, até que o vinho os esquente!

12-E harpas e alaúdes, tamboris e gaitas, e vinho há nos seus banquetes; e não olham para a obra do SENHOR, nem consideram as obras das suas mãos.

13-Portanto o meu povo será levado cativo, por falta de entendimento; e os seus nobres terão fome, e a sua multidão se secará de sede.

14-Portanto o inferno grandemente se alargou, e se abriu a sua boca desmesuradamente; e para lá descerão o seu esplendor, e a sua multidão, e a sua pompa, e os que entre eles se alegram.

15-Então o plebeu se abaterá, e o nobre se humilhará; e os olhos dos altivos se humilharão.

16-Porém o SENHOR dos Exércitos será exaltado em juízo; e Deus, o Santo, será santificado em justiça.

17-Então os cordeiros pastarão como de costume, e os estranhos comerão dos lugares devastados pelos gordos.

18-Ai dos que puxam a iniqüidade com cordas de vaidade, e o pecado com tirantes de carro!

19-E dizem: Avie-se, e acabe a sua obra, para que a vejamos; e aproxime-se e venha o conselho do Santo de Israel, para que o conheçamos.

20-Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo!

21-Ai dos que são sábios a seus próprios olhos, e prudentes diante de si mesmos!

22-Ai dos que são poderosos para beber vinho, e homens de poder para misturar bebida forte;

23-Dos que justificam ao ímpio por suborno, e aos justos negam a justiça!

24-Por isso, como a língua de fogo consome a palha, e o restolho se desfaz pela chama, assim será a sua raiz como podridão, e a sua flor se esvaecerá como pó; porquanto rejeitaram a lei do SENHOR dos Exércitos, e desprezaram a palavra do Santo de Israel.

25-Por isso se acendeu a ira do SENHOR contra o seu povo, e estendeu a sua mão contra ele, e o feriu, de modo que as montanhas tremeram, e os seus cadáveres se fizeram como lixo no meio das ruas; com tudo isto não tornou atrás a sua ira, mas a sua mão ainda está estendida.

APENAS BRINCANDO


Quando eu estiver, no quarto, construindo um edifício de blocos,
Por favor não diga que eu "estou apenas brincando".
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Sobre equilíbrio e forma.
Quando eu estiver bem vestido, arrumando a mesa, cuidando do bebê,
Não tenha a ideia de que eu "estou apenas brincando".
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Algum dia eu posso ser uma mãe ou um pai.
Quando você me vir até meus cotovelos na pintura,
Ou ajeitando uma moldura, ou moldando e dando forma à argila,
Por favor não me deixe ouvi-lo dizer que eu "estou apenas brincando".
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Eu estou me expressando e sendo criativo.
Algum dia eu posso ser um artista ou um inventor.
Quando você me vir sentado em uma cadeira "lendo" para uma audiência imaginária,
Por favor não ria e não pense que eu "estou apenas brincando".
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Algum dia eu posso ser um professor.
Quando você me vir recolhendo insetos ou colocando coisas que encontro no bolso,
Não os jogue fora como se eu "estivesse apenas brincando".
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Algum dia eu posso ser um cientista.
Quando você me vir montando um quebra-cabeças,
Por favor, não pense que estou desperdiçando tempo "brincando".
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Estou aprendendo a concentrar-me e resolver problemas.
Algum dia eu posso ser um empresário.
Quando você me vir cozinhar ou provar comidas,
Por favor não pense que estou aproveitando, que é "só para brincar".
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Eu estou aprendendo sobre os sentidos e as diferenças.
Algum dia eu posso ser um "chef".
Quando você me vir aprendendo a saltar, pular, correr e mover meu corpo,
Por favor não diga que eu "estou apenas brincando".
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Eu estou aprendendo como meu corpo trabalha.
Algum dia eu posso ser um médico, uma enfermeira ou um atleta.
Quando você me perguntar o que fiz na escola hoje,
E eu responder: "Eu brinquei".
Por favor não me entenda mal.
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Eu estou aprendendo apreciar e ser bem sucedido no trabalho.
Eu estou preparando-me para o amanhã.
Hoje, eu sou uma criança e meu trabalho é brincar.
AUTOR DESCONHECIDO

segunda-feira, 26 de março de 2012

JULGUEM VOCÊS MESMOS


Isaías 5(1-7)

1-Agora cantarei ao meu amado o cântico do meu querido a respeito da sua vinha. O meu amado tem uma vinha num outeiro fértil.

2-E cercou-a, e limpando-a das pedras, plantou-a de excelentes vides; e edificou no meio dela uma torre, e também construiu nela um lagar; e esperava que desse uvas boas, porém deu uvas bravas.

3-Agora, pois, ó moradores de Jerusalém, e homens de Judá, julgai, vos peço, entre mim e a minha vinha.

4-Que mais se podia fazer à minha vinha, que eu lhe não tenha feito? Por que, esperando eu que desse uvas boas, veio a dar uvas bravas?

5-Agora, pois, vos farei saber o que eu hei de fazer à minha vinha: tirarei a sua sebe, para que sirva de pasto; derrubarei a sua parede, para que seja pisada;

6-E a tornarei em deserto; não será podada nem cavada; porém crescerão nela sarças e espinheiros; e às nuvens darei ordem que não derramem chuva sobre ela.

7-Porque a vinha do SENHOR dos Exércitos é a casa de Israel, e os homens de Judá são a planta das suas delícias; e esperou que exercesse juízo, e eis aqui opressão; justiça, e eis aqui clamor.

SER SÁBIO...


Sábio é aquele que permite descobrir;
que reconhece a importância de aprender o novo,
que abre seu coração para sentir e ouvir...

Sábio é aquele que permanece em silêncio, observando os passos da mente, as fragrâncias,
os lugares escondidos dentro do seu ser...

Sábio é aquele que ouve antes de falar,
que sorri antes de chorar,
que permanece quieto para sentir
o frescor da noite em seu interior.

Sábio é aquele que diz sim para a vida,
que desperta o amor em si e em seu semelhante,
na intenção de criar um mundo melhor a todos nós.

Sábio é aquele que ama seu irmão que vê,

Como ama a Deus que não vê.

Sábio é aquele que vive e sabe viver!

( Autor Desconhecido)

domingo, 25 de março de 2012

DEUS FARÁ BROTAR UM POVO NOVO


Isaías 4(1-6)

1-E sete mulheres naquele dia lançarão mão de um homem, dizendo: Nós comeremos do nosso pão, e nos vestiremos do que é nosso; tão-somente queremos ser chamadas pelo teu nome; tira o nosso opróbrio.

2-Naquele dia o renovo do SENHOR será cheio de beleza e de glória; e o fruto da terra excelente e formoso para os que escaparem de Israel.

3-E será que aquele que for deixado em Sião, e ficar em Jerusalém, será chamado santo; todo aquele que estiver inscrito entre os viventes em Jerusalém;

4-Quando o Senhor lavar a imundícia das filhas de Sião, e limpar o sangue de Jerusalém, do meio dela, com o espírito de justiça, e com o espírito de ardor.

5-E criará o SENHOR sobre todo o lugar do monte de Sião, e sobre as suas assembléias, uma nuvem de dia e uma fumaça, e um resplendor de fogo flamejante de noite; porque sobre toda a glória haverá proteção.

6-E haverá um tabernáculo para sombra contra o calor do dia; e para refúgio e esconderijo contra a tempestade e a chuva.

SEM JESUS NÃO DA


Um jogo de futebol sem bola, um avião sem piloto, carros sem rodas. Todas estas situações irão nos sinalizar que algo está errado, não é diferente hoje quando olhamos para a sociedade.

Ao observarmos a falta de respeito no relacionamento de pais e filhos, a desvalorização do compromisso tanto no matrimônio quanto nas amizades, e essa desvalorização

Acentuam-se em uma escala muito maior nos negócios, quando falamos em negócio a situação toma proporções tão grandes chegando a guerras terríveis. Ao nos deparar com este quadro uma constatação é mais do que notória o mundo precisa de Jesus.

Diante desta constatação vemos a necessidade do evangelismo, e o que nos motiva a realizar tal atividade é a convicção que temos em nosso intelecto que sem Jesus nada podemos fazer ou realizar, e cultivamos uma estreita relação de dependência com o mestre dos mestres.

“Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador. Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto”. (João 15: 1 e 2)

Quando Jesus usa a figura de uma videira para exemplificar o relacionamento do homem com Ele, a mensagem que Ele queria passar é que nós somos totalmente dependentes d’Ele. Há um ponto a ser observado, pois existem dois tipos de varas ligadas a videira uma que dá fruto e a que não dá fruto.

Hoje encontramos muitas pessoas somente envolvidas de longe com a obra vendo as coisas acontecerem e não fazendo acontecer ao passo que o desejo é ver-nos comprometidos atuantes realizando a obra de Deus suando a camisa.

Uma ilustração muito conhecida nos Estados Unidos conta que um porco e uma galinha vinham caminhando e conversavam sobre a sua contribuição para o mundo, então disse a galinha para um porco que a contribuição deles era muito pequena, o porco retrucou dizendo é pequena para você que só esta envolvida eu estou totalmente comprometido.

O apóstolo Paulo declara não vivo mais eu Cristo vive em mim, daremos muitos frutos quando estivermos ligados à videira e conscientes de que vale a pena empenhar nossa vida pela causa do evangelho.

“Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer”. (João 15:5)

Estamos ligados à videira com um propósito bem definido dá muito fruto. É um imperativo do evangelho que não fomos chamados para ficar presos aos bancos da igreja, porém para dar frutos, mas essa disposição quando é gerada por uma empolgação meramente emocional, haverá uma grande probabilidade de quando surgir o primeiro problema a atitude tomada ser de retroceder ou parar.

Após o nascimento, vida, morte, ressurreição e ascensão de Jesus, passamos a ser morada do Espírito Santo e totalmente guiados e direcionados por Ele, porém para ser cheio do Espírito Santo é necessário buscar, e é aí que encontramos o problema de nos dias de hoje não darmos muitos frutos,

pois é comum vermos pessoas sem tempo para nada correndo de um lado para o outro não encontram tempo para ler e orar, sendo assim, nos tornamos cristãos superficiais, que a ligação com a videira esta um pouco debilitada, e para haver produção de frutos em abundância é necessário ter uma ligação direta e que seja cultivada todo dia.

“Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos”. (João 15:8)

Fomos criados com um objetivo glorificar a Deus e Jesus em suas últimas palavras aos seus discípulos pediu a eles que pregassem o evangelho e fizessem discípulos, quando damos muitos frutos glorificamos a Deus e nos tornamos seus discípulos, ou seja, quando damos muito fruto é como se estivéssemos carimbando um documento que ali consta como registro este servo tem feito à vontade de seu Senhor.

Quando começamos a dar muitos frutos isto começa ir além das portas da igreja, fazendo com que até os ímpios olhem para a nossa vida e constatem que há algo de diferente.

O dar muito frutos anda de mão dada com um testemunho de vida impactante e relevante capaz de conduzir vidas a presença de Deus.

“Tenho-vos dito isto, para que o meu gozo permaneça em vós, e o vosso gozo seja completo”. (João 15:11)

Uma vida ligada à videira é uma vida de constante alegria, talvez agora você pense que não é bem assim, pois há momentos que não há como se sentir alegre, momentos, como o sepultamento de um parente, a perda de um emprego, uma decepção no que tange a relacionamentos.

Quando Jesus nos fala em gozo completo Ele esta falando de coisas eternas que já foram conquistadas e que ninguém pode tomar de você.

O pecado que de separava de Deus não pode mais, pois o sangue de Jesus de liberta de todo pecado.

Há uma morada preparada para todos aqueles que permanecerem fiéis até o fim.

No mundo tereis aflições, mas tendes bom ânimo, porque Eu as venci e estarei convosco até a consumação dos séculos.

É necessário ter esta conceber esta realidade que a nossa alegria esta pautada no que esta porvir, pois o viver sobre esta expectativa nos proporcionará estarmos sempre motivados e solícitos no que condiz a realização dos projetos de Deus para nossas vidas.

sábado, 24 de março de 2012

DO LUXO A MISÉRIA


Isaías 3:16-26

16-Diz ainda mais o SENHOR: Porquanto as filhas de Sião se exaltam, e andam com o pescoço erguido, lançando olhares impudentes; e quando andam, caminham afetadamente, fazendo um tilintar com os seus pés;

17-Portanto o Senhor fará tinhoso o alto da cabeça das filhas de Sião, e o SENHOR porá a descoberto a sua nudez,

18-Naquele dia tirará o Senhor os ornamentos dos pés, e as toucas, e adornos em forma de lua,

19-Os pendentes, e os braceletes, as estolas,

20-Os gorros, e os ornamentos das pernas, e os cintos e as caixinhas de perfumes, e os brincos,

21-Os anéis, e as jóias do nariz,

22-Os vestidos de festa, e os mantos, e os xales, e as bolsas.

23-Os espelhos, e o linho finíssimo, e os turbantes, e os véus.

24-E será que em lugar de perfume haverá mau cheiro; e por cinto uma corda; e em lugar de encrespadura de cabelos, calvície; e em lugar de veste luxuosa, pano de saco; e queimadura em lugar de formosura.

25-Teus homens cairão à espada e teus poderosos na peleja.

26-E as suas portas gemerão e prantearão; e ela, desolada, se assentará no chão.

CONTINUE PERSISTINDO


E Dizer a você que não desista,continue na caminhada...


( Lucas 18:1 )


Espere pelo melhor e se o melhor não vem, continue esperando por ele; a sua expectativa positiva terá a sua recompensa quando você decide continuar persistindo. Robert Schuller

Aprenda com os seus erros e se esses erros te levarem a cometer mais erros aprenda também com os novos erros. Você - com toda certeza - verá que as coisas irão funcionar na medida em que você continua a persistir. Dê o seu melhor e continue se esforçando e se você não receber os resultados que espera, continue a dar tudo o que você pode. As realizações que você busca trarão os resultados esperados na medida em que você persiste.

Uma significativa persistência não é uma coisa que você faz um dia sim e um dia não. A persistência que lhe leva para onde você deseja é aquela que persiste até o alvo ser alcançado. Ninguém pode avaliar quanta persistência é necessária para se alcançar um determinado alvo. Por outro lado, é um fato observar que o que realmente funciona é quando a persistência perdura pelo tempo que for necessária.

Continue sonhando, continue correndo atrás dos seus alvos e com a graça, assistência e maravilhosa graça de Deus, você irá obter o que tanto espera.

Para Meditação:

Então Jesus contou aos seus discípulos uma parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar. Lucas 18:1

Deus abençoe sua vida,seus sonhos e projetos e realize todos.
AUTOR DESCONHECIDO

sexta-feira, 23 de março de 2012

PREPARAM O MAL PARA SI MESMO


Isaías 3(1-15)

1-Porque, eis que o Senhor, o SENHOR dos Exércitos, tirará de Jerusalém e de Judá o sustento e o apoio; a todo o sustento de pão e a todo o sustento de água;

2-O poderoso, e o homem de guerra, o juiz, e o profeta, e o adivinho, e o ancião,

3-O capitão de cinquenta, e o homem respeitável, e o conselheiro, e o sábio entre os artífices, e o eloquente orador.

4-E dar-lhes-ei meninos por príncipes, e crianças governarão sobre eles.

5-E o povo será oprimido; um será contra o outro, e cada um contra o seu próximo; o menino se atreverá contra o ancião, e o vil contra o nobre.

6-Quando alguém pegar de seu irmão na casa de seu pai, dizendo: Tu tens roupa, sê nosso governador, e toma sob a tua mão esta ruína;

7-Naquele dia levantará este a sua voz, dizendo: Não posso ser médico, nem tampouco há em minha casa pão, ou roupa alguma; não me haveis de constituir governador sobre o povo.

8-Porque Jerusalém está arruinada, e Judá caída; porque a sua língua e as suas obras são contra o SENHOR, para provocarem os olhos da sua glória.

9-O aspecto do seu rosto testifica contra eles; e publicam os seus pecados, como Sodoma; não os dissimulam. Ai da sua alma! Porque fazem mal a si mesmos.

10-Dizei ao justo que bem lhe irá; porque comerão do fruto das suas obras.

11-Ai do ímpio! Mal lhe irá; porque se lhe fará o que as suas mãos fizeram.

12-Os opressores do meu povo são crianças, e mulheres dominam sobre ele; ah, povo meu! Os que te guiam te enganam, e destroem o caminho das tuas veredas.

13-O SENHOR se levanta para pleitear, e põe-se de pé para julgar os povos.

14-O SENHOR entrará em juízo contra os anciãos do seu povo, e contra os seus príncipes; é que fostes vós que consumistes esta vinha; o espólio do pobre está em vossas casas.

15-Que tendes vós, que esmagais o meu povo e moeis as faces dos pobres? Diz o Senhor DEUS dos Exércitos.

Nunca julgue ninguém!


Um médico entrou no hospital com pressa depois de ser chamado ... é uma cirurgia de urgência. Ele respondeu à chamada o mais rápido possível, trocou de roupa e foi direto para centro cirúrgico.
Ele encontrou o pai do menino indo e vindo na sala de espera do médico. Depois de vê-lo, o pai gritou:
"Por que você levou todo esse tempo para vir? Você não sabe que a vida do meu filho está em perigo? Você não tem senso de responsabilidade? "

O médico sorriu e disse:
"Lamento, eu não estava no hospital e eu vim o mais rápido que pude depois de receber a ligação ...... E agora, eu gostaria que você se acalmasse para que eu possa fazer meu trabalho"

"Acalmasse? Se fosse seu filho que estivesse nesta sala agora, iria se acalmar? Se o seu próprio filho morresse agora oque você iria fazer? ", Disse o pai com raiva

O médico sorriu novamente e respondeu: "Eu vou dizer o que disse Jó na Bíblia Sagrada" Do pó viemos e ao pó voltaremos, bendito seja o nome de Deus ". Os médicos não podem prolongar a vida. Vá e interceda por seu filho, vamos fazer o nosso melhor pela graça de Deus "

"Dar conselhos é fácil", murmurou o pai.

A cirurgia levou algumas horas e depois que o médico saiu feliz, "Graças a Deus! Seu filho está salvo! "

E sem esperar a resposta do pai o medico saiu correndo. "Se você tem alguma dúvida, pergunte a enfermeira! Disse o medico."

"Por que ele é tão arrogante? Ele não podia esperar alguns minutos para que eu podece perguntar sobre o estado do meu filho ", comentou o pai ao ver os enfermeiros minutos depois que o médico saiu.

A enfermeira respondeu, com lágrimas descendo seu rosto: "Seu filho morreu ontem num acidente de viação, ele estava no enterro, quando o hospital o chamou para a cirurgia de seu filho. E agora que ele salvou a vida de seu filho, ele saiu correndo para terminar o enterro de seu filho. "

Nunca julgue ninguém, porque você nunca sabe como sua vida é e ao que está acontecendo ou o que eles estão passando.

AUTOR DESCONHECIDO

quinta-feira, 22 de março de 2012

A RAIZ DA IDOLATRIA


Isaías 2:6-22

6-Mas tu desamparaste o teu povo, a casa de Jacó, porque se encheram dos costumes do oriente e são agoureiros como os filisteus; e associam-se com os filhos dos estrangeiros,

7-E a sua terra está cheia de prata e ouro, e não têm fim os seus tesouros; também a sua terra está cheia de cavalos, e os seus carros não têm fim.

8-Também a sua terra está cheia de ídolos; inclinam-se perante a obra das suas mãos, diante daquilo que fabricaram os seus dedos.

9-E o povo se abate, e os nobres se humilham; portanto não lhes perdoarás.

10-Entra nas rochas, e esconde-te no pó, do terror do SENHOR e da glória da sua majestade.

11-Os olhos altivos dos homens serão abatidos, e a sua altivez será humilhada; e só o SENHOR será exaltado naquele dia.

12-Porque o dia do SENHOR dos Exércitos será contra todo o soberbo e altivo, e contra todo o que se exalta, para que seja abatido;

13-E contra todos os cedros do Líbano, altos e sublimes; e contra todos os carvalhos de Basã;

14-E contra todos os montes altos, e contra todos os outeiros elevados;

15-E contra toda a torre alta, e contra todo o muro fortificado;

16-E contra todos os navios de Társis, e contra todas as pinturas desejáveis.

17-E a arrogância do homem será humilhada, e a sua altivez se abaterá, e só o SENHOR será exaltado naquele dia.

18-E todos os ídolos desaparecerão totalmente.

19--Então os homens entrarão nas cavernas das rochas, e nas covas da terra, do terror do SENHOR, e da glória da sua majestade, quando ele se levantar para assombrar a terra.

20-Naquele dia o homem lançará às toupeiras e aos morcegos os seus ídolos de prata, e os seus ídolos de ouro, que fizeram para diante deles se prostrarem.

21-E entrarão nas fendas das rochas, e nas cavernas das penhas, por causa do terror do SENHOR, e da glória da sua majestade, quando ele se levantar para abalar terrivelmente a terra.

22-Deixai-vos do homem cujo fôlego está nas suas narinas; pois em que se deve ele estimar?

Destino


Passamos por momentos de plena felicidade em nossa vida. Momentos estes que nos marcam de uma forma surpreendente, e nos transformam, nos comovem, nos ensinam e muitas vezes, nos machucam profundamente.
As pessoas que entram em nossa vida, sempre entram por alguma razão, algum propósito. Elas nos encontram ou nós as encontramos meio que sem querer, não há programação da hora em que encontraremos estas pessoas.
Assim, tudo o que podemos pensar é que existe um destino, em que cada um encontra aquilo que é importante para si mesmo.
Ainda que a pessoa que entrou em nossa vida, aparentemente, não nos ofereça nada, mas ela não entrou por acaso,não está passando por nós apenas por passar. O universo inteiro conspira para que as pessoas se encontrem e resgatem algo com as outras.
Discutir o que cada um nos trará, não nos mostrará nada, e ainda nos fará perder tempo demais desperdiçando a oportunidade de conhecer a alma dessas pessoas. Conhecer a alma significa conhecer o que as pessoas sentem, o que elas realmente desejam de nós, ou o que elas buscam no mundo, pois só assim é que poderemos tê-las por inteiro em nossa vida.
A amizade é algo que importa muito na vida do ser humano, sem esse vínculo nós não teríamos harmonia e nem paz. Precisamos de amigos para nos ensinar, compartilhar, nos conduzir, nos alegrar e também para cumprirmos nossa maior missão na terra: "Amar ao próximo como a si mesmo". E para que isso aconteça, é preciso que nos aceitemos em primeiro lugar, e depois olhemos para o próximo e enxerguemos o nosso reflexo.
Essas pessoas entram na nossa vida, às vezes de maneira tão estranha, que nos intrigam até. Mas cada uma delas é especial, mesmo que o momento seja breve, com certeza elas deixarão alguma coisa para nós. Observe a sua vida, comece a recordar todas as pessoas que já passaram por você, e o que cada uma deixou.
Você estará buscando a sua própria identidade, que foi sendo construída aos poucos, de momentos que aconteceram na sua vida, e que até hoje interferem em seu caminho. Aproveite para conquistar uma pessoa a cada dia, dar a elas a sua maior atenção, e fazer com que você também seja algo muito importante na vida dessas pessoas. Quando sentir que alguém não lhe agrada, dê uma segunda chance de conhecê-lo melhor. Você poderá ter muitas surpresas cedendo mais uma oportunidade.
Quando sentir que alguém é especial para você, diga a ele o que sente, e terá feito um momento de felicidade na vida de alguém. Não deixe para fazer as coisas amanhã, poderá ser tarde demais. Faça hoje tudo o que tiver vontade.
Abrace o seu amigo, os seus irmãos, os seus filhos. Dê um sorriso para todos, até ao seu inimigo. Se estiver amando, ame pra valer, viva cada minuto deste amor, sem medir esforços. Seja alegre todas a manhãs, mesmo que o dia não prometa nada de novo.
Planeje o seu destino! Sopre aos ventos os seus sonhos, eles irão se espalhar pelos ares e voltar a você em forma de realidade.
Preste bastante atenção em todas as pessoas, elas poderão estar trazendo a sua tão esperada FELICIDADE .

AUTOR DESCONHECIDO

quarta-feira, 21 de março de 2012

UMA CIDADE PARA TODOS


Isaías 2 (1-5)

1-Palavra que viu Isaías, filho de Amós, a respeito de Judá e de Jerusalém.

2-E acontecerá nos últimos dias que se firmará o monte da casa do SENHOR no cume dos montes, e se elevará por cima dos outeiros; e concorrerão a ele todas as nações.

3-E irão muitos povos, e dirão: Vinde, subamos ao monte do SENHOR, à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do SENHOR.

4-E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em enxadões e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerrear.

5-Vinde, ó casa de Jacó, e andemos na luz do SENHOR.

O Naufrago!


Estou pagando até hoje por uma dívida que fiz lá trás, por um ato impensado, agir por impulso, não exercer domínio próprio.
E não adianta querer culpar o banco por seus juros altíssimos; quando eu precisei, ele me atendeu. Agora devo e vou pagar.
Mas e quando devo pagar por algo que não foi causado por mim mesmo?
Vou mais além: E quando tenho que pagar por algo que não foi ocasionado por mim mesmo? E eu ainda alertei que poderia acontecer?
Conheci duas pessoas que eram sócias em um pequeno comércio que estava prestes a quebrar. Um deles pegou o dinheiro para pagar as contas e fugiu, deixando o negócio sem estoque, sem dinheiro e os fornecedores cobrando duplicatas vencidas. Durante muitos anos esta pessoa que ficou com o estabelecimento teve que colher frutos amargos desta sociedade. Teve que pagar até contas de coisas particulares do sócio que usou o nome da empresa para este fim.
Podemos dizer que ele escolheu o sócio errado, deu azar, não soube administrar, etc e tal. Mas não é aí que quero chegar, mas sim no fato de que ele teve que suportar algo que ele não causou, não diretamente.
Quantas famílias têm que suportar, por anos, problemas ocasionados por uma pessoa apenas. Uma traição, um envolvimento com drogas, uma prisão, um vírus da AIDS e tantas outras coisas que adentram as nossas portas sem bater e causam dor, choro e transtornos com os quais teremos que conviver durante anos, ou o resto de nossas vidas.
Em situações como essas, não adianta querer encontrar um culpado. Às vezes até temos o culpado. Mas ficar culpando ou cobrando não vai ajudar em nada; só vai piorar causando mais problemas
O que pode fazer diferença numa situação com esta é a posição que a pessoa se encontra. Ou seja, uma pessoa que já está em Cristo Jesus pode fazer toda a diferença.
Um episódio ocorrido com Paulo em Atos 27 pode nos ajudar a compreender um pouco sobre esta questão:
O local onde Paulo se encontra é chamado de Bons Portos, perto da cidade de Laséia.
Paulo tinha sido preso e junto com alguns outros presos estava entregue a um centurião por nome Júlio num navio rumo à Itália, navegando vagarosamente por muitos dias com dificuldades. E o vento não permitiu ir mais adiante, forçando-os a parar num lugar chamado "Bons Portos".
Agora Paulo estava seguro, estava em "Bons Portos". Mas não era isto que o piloto e o dono do navio pensavam. Eles decidiram continuar mesmo contra os ventos fortes.
Paulo os alerta dizendo-lhes: Senhores, vejo que a viagem vai ser com avaria e muita perda, não só para a carga e o navio, mas também para as nossas vidas.
Mas em que a voz de um prisioneiro faria diferença? O centurião dava mais crédito ao piloto e ao dono do navio do que às coisas que Paulo dizia.
Paulo não tinha outra opção a não ser continuar viagem, juntamente com eles, pois estava literalmente preso a eles. Não tinha uma segunda opção.
Fico a pensar como isso é comum em minha vida. Quantas vezes eu alerto pessoas próximas a mim que estamos indo navegar em águas perigosas, mas não me dão ouvidos, e mesmo assim sou obrigado a ir junto, pois estou preso a elas, preso no amor ou na situação em que me encontro.
Fico a pensar em quantas vezes fui alertado, mas por ter sido por uma pessoa em situação de desconsideração como a de Paulo, eu ignorei seus avisos.
Situações em nossas vidas colocam todos no mesmo barco enfrentando os mesmos riscos.
Éramos ao todo no navio duzentas e setenta e seis almas.
E o que mais Paulo temia aconteceu. Desencadeou-se ao lado da ilha um tufão chamado euro-aquilão e, sendo arrebatado o navio e não podendo navegar contra o vento, cederam à sua força e deixaram-se levar.
A coisa chegou a uma situação que não tinha mais controle. O navio ficou à deriva, totalmente na dependência de Deus. Não havia mais o que fazer.
Quantas vezes peguei-me em situação igual: todas as forças se esgotaram, não podia fazer mais nada, apenas um milagre poderia mudar a situação.
Mas ainda não iremos nos entregar… Jogue toda a carga ao mar.
É o que fazemos, vendemos alguns bens necessários para sobreviver mais um pouco; tentamos mais uma vez.
E ao terceiro dia, com as próprias mãos, lançaram os aparelhos do navio ao mar.
Ultima tentativa, lançamos mão do que era vital para continuar a viagem.
Não aparecendo por muitos dias nem sol nem estrelas, e sendo nós ainda abatidos por grande tempestade, fugiu-nos afinal toda a esperança de sermos salvos.
Nesta situação jogamos até a esperança ao mar…
Éramos ao todo no navio duzentas e setenta e seis almas…
Mas bendito seja o nome de nosso Deus, engrandecido seja eternamente Seu nome, louvores sejam dados a Ele sempre e sempre, pois a sua misericórdia dura para sempre. Pode uma mãe esquecer o filho que amamenta? Sim pode! Mas Deus não se esquece de um filho que ama. Ele move os céus e a terra se necessário para salvar um dos seus pequeninos.
Das duzentas e setenta e seis almas, uma delas fez a diferença. Todas no mesmo navio, na mesma condição, mas não aos olhos do Guarda de Israel.
Quantas vezes pude ver famílias sendo restauradas, sendo salvas, sendo colocadas em lugares seguros, porque um era filho(a), eleito(a) e amado(a).
Paulo já estava desfalecido juntamente com os outros, mas logo ele se colocou em pé e disse: Senhores, devíeis ter-me ouvido e não ter partido de Creta, para evitar esta avaria e perda. Mas tende bom ânimo porque esta noite me apareceu um anjo do Deus de quem eu sou e a quem sirvo, dizendo: NÃO TEMAS PAULO! Importa que compareças perante César, e eis que Deus te deu todos os que navegam contigo.
Deus tinha um propósito na vida de Paulo e iria cumprir. Independente das atitudes inconseqüentes que envolveram Paulo, Deus continuaria com seu plano.
Por mais difícil que pareça a situação em que me encontre, seja ela causada por mim mesmo ou por outros, Deus tem um plano para minha vida, plano de paz, e não de mal, para me dar um futuro e uma esperança.
O mais interessante é que Deus não tira Paulo daquela situação terrível, Ele manda seu anjo para animá-lo, assim com o fez com Elias quando (I Reis 19)"pediu para si a morte, dizendo: Já basta, ó Senhor; toma agora a minha vida".
Deus não tirou Elias de lá e nem Paulo aqui, mas mandou seus anjos com a sua santa palavra para animá-los.
Tenhais bom ânimo! Foi dito a Paulo, e "Levanta-te e come, porque demasiado longa te será a viagem" foi dito a Elias.
Deus não nos saca do fogo, mas está conosco no fogo, assim como esteve com os amigos de Daniel.
Ele nos anima com sua palavra, "Vamos filho! Levanta! Ainda terá que andar mais um pouco!"

Gosto de pensar que o pão que o anjo deu para Elias significava o nosso pão diário, a palavra, e a água, o Espírito Santo. É esta combinação que vai nos dar força para continuar.

Paulo chegou a terra seca finalmente, numa ilha que se chamava Malta. Quando pensou que tinha acabado o susto, uma víbora lhe picou a mão, mas o veneno não teve efeito.
Às vezes fico pensando se esta víbora não estava tentando destruir Paulo havia muito tempo, mas Deus mostrou que, nos seus filhos, o maligno não toca.
Aleluia! Vamos continuar! A palavra é bem clara: "ANIME-SE!".
Dorian Anderson Soutto

terça-feira, 20 de março de 2012

O RETORNO DA JUSTIÇA


Isaías 1:21-31

21-Como se fez prostituta a cidade fiel! Ela que estava cheia de retidão! A justiça habitava nela, mas agora homicidas.

22-A tua prata tornou-se em escórias, o teu vinho se misturou com água.

23-Os teus príncipes são rebeldes, e companheiros de ladrões; cada um deles ama as peitas, e anda atrás das recompensas; não fazem justiça ao órfão, e não chega perante eles a causa da viúva.

24-Portanto diz o Senhor, o SENHOR dos Exércitos, o Forte de Israel: Ah! tomarei satisfações dos meus adversários, e vingar-me-ei dos meus inimigos.

25-E voltarei contra ti a minha mão, e purificarei inteiramente as tuas escórias; e tirar-te-ei toda a impureza.

26-E te restituirei os teus juízes, como foram dantes; e os teus conselheiros, como antigamente; e então te chamarão cidade de justiça, cidade fiel.

27-Sião será remida com juízo, e os que voltam para ela com justiça.

28-Mas os transgressores e os pecadores serão juntamente destruídos; e os que deixarem o SENHOR serão consumidos.

29-Porque vos envergonhareis pelos carvalhos que cobiçastes, e sereis confundidos pelos jardins que escolhestes.

30 Porque sereis como o carvalho, ao qual caem as folhas, e como o jardim que não tem água.

31 E o forte se tornará em estopa, e a sua obra em faísca; e ambos arderão juntamente, e não haverá quem os apague.

URGÊNCIA DE VIVER...


A matemática da vida não é simples...

Cada soma é também uma subtração...

Quando somamos mais um ano àqueles que já vivemos, subtraímos um ano daqueles que nos restam para viver...

Esperamos demais para fazer o que precisa ser feito, num mundo que só nos dá um dia de cada vez, sem nenhuma garantia do amanhã.

Enquanto lamentamos que a vida é curta, agimos como se tivéssemos à nossa disposição um estoque inesgotável de tempo.

Esperamos demais para dizer as palavras de perdão que devem ser ditas, para por de lado os rancores que devem ser expulsos, para expressar gratidão, para dar ânimo, para oferecer consolo...

Esperamos demais para ser generosos, deixando que a demora diminua a alegria de dar espontaneamente.

Esperamos demais para dar carinho aos nossos filhos pequenos, esquecendo como curto é o tempo em que eles são pequenos, como depressa a vida os faz crescer e ir embora.

Esperamos demais para dar carinho aos nossos pais, irmãos e amigos.

Quem sabe como longo será tarde demais?

Esperamos demais para ler os livros, ouvir as músicas, ver os quadros que estão esperando para alargar nossa mente, enriquecer nosso espírito e expandir nossa alma.

Esperamos demais para pronunciar as preces que estão esperando para atravessar nossos lábios, para executar as tarefas que estão esperando para serem cumpridas, para demonstrar o amor que talvez não seja necessário amanhã.

Esperamos demais nos bastidores, quando a vida tem um papel para desempenharmos no palco...

Deus também está esperando.

Esperando nós pararmos de esperar.

Esperando nós começarmos a fazer agora tudo aquilo para o qual este dia e esta vida nos foram dados.

Hora de viver!

(Autor: Henry Sobel )

segunda-feira, 19 de março de 2012

DEUS NÃO QUER HIPOCRISIA


Isaías 1:10-20

10 Ouvi a palavra do SENHOR, vós poderosos de Sodoma; dai ouvidos à lei do nosso Deus, ó povo de Gomorra.

11 De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios, diz o SENHOR? Já estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; nem me agrado de sangue de bezerros, nem de cordeiros, nem de bodes.

12-Quando vindes para comparecer perante mim, quem requereu isto de vossas mãos, que viésseis a pisar os meus átrios?

13-Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e as luas novas, e os sábados, e a convocação das assembléias; não posso suportar iniqüidade, nem mesmo a reunião solene.

14-As vossas luas novas, e as vossas solenidades, a minha alma as odeia; já me são pesadas; já estou cansado de as sofrer.

15-Por isso, quando estendeis as vossas mãos, escondo de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei, porque as vossas mãos estão cheias de sangue.

16-Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos; cessai de fazer mal.

17-Aprendei a fazer bem; procurai o que é justo; ajudai o oprimido; fazei justiça ao órfão; tratai da causa das viúvas.

18-Vinde então, e argüi-me, diz o SENHOR: ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã.

19-Se quiserdes, e obedecerdes, comereis o bem desta terra.

20-Mas se recusardes, e fordes rebeldes, sereis devorados à espada; porque a boca do SENHOR o disse.

O valor de quem faz


"Vinde, benditos de meu Pai… (Mateus 25:34)
Walt Disney estava acostumado a ser rejeitado. Ele estava arruinado quando circulou por Hollywood com sua idéia do desenho do Mickey Mouse. Pode alguém imaginar ele tentando vender um rato falante, com falsete, nos tempos do cinema mudo? Walt Disney tinha um grande sonho, e crianças de todos os lugares, desde a Disney World no Japão ao Epcot Center na Flórida, serão eternamente gratas. Era Walt Disney um homem mais importante quando estava sem dinheiro e narrando a voz original do Mickey Mouse, ou depois que fez todos seus grandes filmes… ou depois de construir a Disneilândia… ou depois de construir a Disney World em Orlando? O valor está na pessoa que faz e não no que ele faz. (Denis Waitley)
Quais têm sido os nossos sonhos? Em que temos nos empenhado a cada momento de nossas vidas? E qual tem sido a nossa reação diante de um fracasso ou uma frustração? Desanimamos? Desistimos? Abaixamos a cabeça em sinal de resignação? Ou, determinados, sacudimos o pó da decepção e retomamos a marcha em busca de nossa realização até que a vitória nos receba de braços abertos?
Precisamos ter em mente que o mais importante não é aquilo que pretendemos fazer, nem o sonho a realizar, nem a vitória a ser alcançada. O mais importante somos nós, que concebemos o sonho, que lutamos para alcançá-lo, que nos regozijamos com a conquista. O grande vencedor não é o sonho ou a meta atingida e sim eu e você, criados à imagem e semelhança do Senhor, escolhidos para viver a eterna e verdadeira felicidade.
Somos nós que podemos escolher abrir o coração para Jesus, optar por amar em vez de odiar, de cantar no meio da tempestade, de sorrir em lugar de murmurar. Somos nós os amados de Deus, os eleitos para viver abundantemente, os herdeiros do Céu preparado por Deus.
Valorize não apenas o que deu certo ou errado em sua vida.
Valorize a você mesmo.. é isso que importa e é isso que fará de você uma pessoa realmente feliz.
Pastor Paulo Barbosa

domingo, 18 de março de 2012

QUASE TUDO PERDIDO!


Isaías 1(1-9)

CORRUPÇÃO DE UM POVO

1-Visão de Isaías, filho de Amós, que ele teve a respeito de Judá e Jerusalém, nos dias de Uzias, Jotão, Acaz, e Ezequias, reis de Judá.

2-Ouvi, ó céus, e dá ouvidos, tu, ó terra; porque o SENHOR tem falado: Criei filhos, e engrandeci-os; mas eles se rebelaram contra mim.

3-O boi conhece o seu possuidor, e o jumento a manjedoura do seu dono; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende.

4-Ai, nação pecadora, povo carregado de iniqüidade, descendência de malfeitores, filhos corruptores; deixaram ao SENHOR, blasfemaram o Santo de Israel, voltaram para trás.

5-Por que seríeis ainda castigados, se mais vos rebelaríeis? Toda a cabeça está enferma e todo o coração fraco.

6-Desde a planta do pé até a cabeça não há nele coisa sã, senão feridas, e inchaços, e chagas podres não espremidas, nem ligadas, nem amolecidas com óleo.

7-A vossa terra está assolada, as vossas cidades estão abrasadas pelo fogo; a vossa terra os estranhos a devoram em vossa presença; e está como devastada, numa subversão de estranhos.

8-E a filha de Sião é deixada como a cabana na vinha, como a choupana no pepinal, como uma cidade sitiada.

9-Se o SENHOR dos Exércitos não nos tivesse deixado algum remanescente, já como Sodoma seríamos, e semelhantes a Gomorra.

Das Coisas que Valem a Pena


Tem épocas na vida que a gente entra em crise, parece que nada dá certo e que o universo conspira contra nós, de modo inverso ao que diz o ditado. Mas é justamente nesses momentos que precisamos buscar dentro ou fora de nós mesmos, motivos para ir adiante, aquelas coisas que realmente fazem valer a pena estar neste mundo às vezes tão cruel.
Sei que isso remete à síndrome de Pollyanna, o tal “jogo do contente” e, na verdade, se não é, é alguma coisa semelhante. Não que eu tenha a ingenuidade de acreditar que tudo na vida tem um lado positivo, é claro que há coisas que são ruins e ponto, mas as coisas boas também existem, e saber disso traz conforto, ainda que não nos poupe dos sofrimentos.
A minha velhinha costuma dizer que “quando as coisas estão muito ruins, estão prestes a melhorar”. São quase sete décadas de experiência, ela deve saber do que está falando. Nada como a sabedoria de quem já errou e acertou nem sabe-se o quanto.
É claro que não é fácil mudar a frequência nas horas em que nos sentimos mais sensíveis, mais frágeis, mais vulneráveis. Mas é preciso. É preciso olhar com os olhos do coração, ainda que eles estejam embaçados. Os olhos do coração enxergam através da névoa da dor, através da neblina da mágoa. Eles enxergam o que é maior do que isso.
E não duvidem, sempre há coisas maiores. Seja o amor da sua família, a companhia dos amigos, o carinho de uma criança, a oportunidade de se dedicar àquilo que gosta, a possibilidade de ajudar alguém, os vários lugares extraordinários que você ainda não conheceu, os vários sabores exóticos que você ainda não experimentou, ou uma agradável surpresa que pode acontecer pelo caminho…
Vale a pena. Há sempre uma razão para continuar. Há sempre uma razão para tentar outra vez.


Texto: Lya Quadros.

sábado, 17 de março de 2012

SEGUNDA CARTA DE SÃO JOÃO


2 Pedro 1 (1-6)

ENDEREÇO SAUDAÇÃO

1-Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que conosco alcançaram fé igualmente preciosa pela justiça do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo:

2-Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus, e de Jesus nosso Senhor;

3-Visto como o seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou pela sua glória e virtude;

O CENTRO DA VIDA CRISTÃ

4-Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo.

5-E vós também, pondo nisto mesmo toda a diligência, acrescentai à vossa fé a virtude, e à virtude a ciência,

6-E à ciência a temperança, e à temperança a paciência, e à paciência a piedade,

Não deixe nunca um amigo sem perdão...


Em uma cidade do interior de São Paulo moravam duas meninas, que eram muito amigas, faziam tudo juntas, iam ao cinema, a pracinha, paqueravam, jogavam bola, brigaram também muitas vezes, mas no final sempre faziam as pazes e riam das bobagens que tinham falado.
Elas eram muito amigas e todos daquela pequena cidade do interior sabiam disso, sabiam o valor que uma tinha para outra, se naquela cidade fosse perguntado o que era verdadeira amizade, certamente as pessoas dariam o exemplo daquelas duas que sem sombra de duvida eram amigas!
Um dia aconteceu que uma outra pessoa interferiu na amizade das duas, contando mentiras para ambos os lados, isso as incomodou e fez com que elas tivessem uma discussão feia, porém depois de terem dito tudo que precisavam, uma das meninas então se desculpou dizendo:
_Desculpa, eu sei que eu não disse isso, mais mesmo assim me perdoe não quero brigar com você!
Porém a outra garota apesar de gostar muito da amiga, decidiu não perdoa-la dizendo:
_ Me da um tempo pra pensar, vou embora!
Aconteceu que nessa noite a garota que tinha pedido desculpas, foi atropelada e acabou morrendo, sem o perdão de sua melhor amiga. A outra menina, não se conformava com a morte da amiga, sem ela ter tido pelo menos a chance de se despedir!
POR ISSO SEMPRE DEIXE AS PESSOAS QUE VOCÊ AMA COM PALAVRAS AMOROSAS NÃO IMPORTA O QUE ELAS TENHAM FEITO PRA VOCÊ, PENSE QUE AS PESSOAS QUE AMAMOS SÃO TIRADAS DE NÓS MUITO RAPIDAMENTE ENTÃO NÃO EXITE EM DIZER O QUANTO VOCÊ VALORIZA E AMA SEUS AMIGOS PORQUE PODE SER A ULTIMA VEZ QUE VOCÊ OS VEJA.
PROCURE PASSAR ISSO AOS SEUS AMIGOS E OS FAÇA REFLETIR REALMENTE SOBRE O VALOR DE UMA AMIZADE E AO MESMO TEMPO É UMA FORMA DE DIZE-LOS O QUANTO SÃO IMPORTANTES PARA VOCÊ! :)

AUTOR DESCONHECIDO

sexta-feira, 16 de março de 2012

CUIDADO COM OS ÍDOLOS


1 João 5:18-21

18-Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca.

19-Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.

20-E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.

21-Filhinhos, guardai-vos dos ídolos. Amém.

Ligação com Deus


A pior coisa que um ser humano pode fazer é aceitar derrotas. Uma pessoa que aceita as derrotas sem ao menos tentar entender o porquê da situação, sem lutar, sem reagir, está tornando-se uma marionete nas mãos do "destino" e nem reclamar pode. Mas, é justamente isso o que o derrotado faz: ele reclama. Reclama do governo, dos parentes, dos pais, da empresa, da escola, do professor, do colega, da amiga, do tempo, da temperatura e de tudo que puder torná-lo vítima de alguma coisa.
O derrotado é a própria expressão dos que se conformam com a dor, com a miséria, com as injustiças.
Se você fala em terapias, ele desacredita.
Se você fala em religião, ele te ofende.
Se você fala em amor, ele quer te bater.
Se você pergunta se ele crê em Deus, ele responde aquele sim, mais murcho que tomate em final de feira.
O derrotado, até percebe que alguma coisa está acontecendo de errado em sua vida. O que antes era bom, ficou ruim. O que antes dava certo, já não dá mais. O que antes era amor, virou ódio. Tudo começou a mudar de repente, assim, sem mais nem menos, e ao invés de lutar, de buscar ajuda, de ser humilde e pedir socorro, ele começa a colocar culpa nos outros e nas situações diversas. Puro orgulho!
Passar fome não é natural.
Passar humilhações não é natural.
Sentir desejo de morrer, não é natural.
Ter medo até da própria sombra não é natural.
Não conseguir dormir com calma e serenidade, não é normal.
Ter mil relacionamentos que não dão certo, não é normal.
Ter cansaço, desânimo exagerado e doenças que surgem do nada, não é natural.
Tudo isso, é um claro sinal de distância de Deus.
Tudo isso é indicação de que na sua vida o mais importante é ganhar dinheiro, é estudar para aquele concurso, é arrumar uma pessoa para relacionar-se, é arrumar um emprego, é fazer qualquer coisa em primeiro lugar, menos buscar á Deus.
Quando Deus está em segundo plano na vida de uma pessoa, pode apostar que ela é infeliz. Pode até ter muito dinheiro, pode ter carrões e iates de luxo. Pode ter milhares de "amigos", uma família super legal, esposa ou marido, filhos, pais vivos e maravilhosos.
Pode ter um belo emprego, passar naquele vestibular disputado ou no concurso público mais desejado. Pode ter todo o tesouro da Terra, mas sem Deus, sem ter Deus como prioridade na sua vida, a infelicidade, aquele buraco, aquele vazio no peito não passa, não sai nem com Lexotan, nem com Valiun, nem com cocaína, muito menos com a maconha.
Somente uma ligação, um encontro definitivo com Deus, sem fanatismo, sem rituais malucos, ou ervas diferentes, apenas com a sua simplicidade e humildade, poderá trazer a tão sonhada paz interior, a verdadeira felicidade.
Humildade! Eis a palavra chave para esse encontro com Deus.
É preciso reconhecer que somos um nada, uma titica de gente diante da grandeza do Universo, diante do poder Dele.
Um breve terremoto e todos os grandes poderosos da Terra vão para o buraco.
Um erguer de alguns centímetros no nível do mar e o país que se julga mais poderoso no planeta some em minutos, engolido pelas águas, e lá se vai todo o orgulho, a empáfia, a falta de sentidos de pessoas que cada vez buscam mais e mais o ouro da Terra, o amor da Terra, o sal na Terra.
Coloque esse encontro com Deus como prioridade na sua vida.
Antes de mais nada, busque Deus, que o resto te será acrescentado.
Palavras de Jesus: "Buscai antes o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.(LC 12:31)".

Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 15 de março de 2012

O SEGREDO DA ORAÇÃO


1 João 5:13-17

13-Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus.

14-E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve.

15-E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos.

16-Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore.

17-Toda a iniqüidade é pecado, e há pecado que não é para morte.

Mensagem da criança


1. Não me dê tudo o que te peço. As vez meus pedidos querem apenas ser um teste, para ver quanto posso pedir.
2. Não grites comigo. Eu te respeito menos, quando o fazes. E me ensinas a gritar também, e eu não queria isto.
3. Não me dê ordens a todo momento. Se em vez de mandar, algumas vezes extremasses teus desejos sob forma de pedidos, eu o faria mais rapidamente e com mais gosto.
4. Cumpre as promessas que fazes, boas ou más. Se me prometes um prêmio, deves concedê-lo assim como um castigo.
5. Não mudes de opinião a cada momento sobre o que devo fazer. Pensa antes mantendo a decisão.
6. Não me compares a ninguém, especialmente com meus irmãos. Se me colocas acima deles, alguém vai sofrer. Se me colocas abaixo, eu é que sofro.
7. Deixa que eu faça, acertando ou errando. Se fazes tudo por mim, serei um eterno dependente.
8. Nunca pregues uma mentira, nem me peças que eu o faça. Isto criará em mim um mal-estar e me fará perder a confiança em tudo o que afirmas.
9. Quando te enganas em alguma coisa, admite-o francamente. Isto não te diminuirá a meus olhos, pelo contrário te fará crescer e eu aprenderei a assumir minhas faltas.
10. Quando te dás conta de um problema meu, não digas que é bobagem, que o tempo corrige ou que não tens tempo. Eu preciso ser compreendido e ajudado.
11. Trata-me com a mesma amizade e a mesma cordialidade com que tratas teus amigos. Pelo fato de pertencermos à mesma família, não significa que não possamos ser amigos também.
12. Nunca me ordenes fazer uma coisa quando tu mesmo não o fazes. Eu aprendi a fazer sempre apenas aquilo que tu fazes e não aquilo que tu dizes.
13. Ensina-me a amar e conhecer a Deus. Não acredites que as evangelizadoras possam fazer isto em teu lugar.
Tudo o que me ensinares a respeito de Deus, nunca entrará em meu coração e em minha cabeça, se tu não o conheces, nem o amas.


AUTOR DESCONHECIDO

Quando uma porta se fecha, outra se abre


Seja lá qual for o seu momento, saiba que
há algo sempre novo e bom te esperando.
Sempre!
O Universo está a seu favor, viu?
Tenha fé. Tenha esperança.
Encha-se de paciência e seja constante
e centrado em você, em sua vida...
Seja aberto para o bem porque isso tudo vai passar.
Esteja preparado porque um bem ainda maior
está para te acontecer.
Lembre-se que não se pode renunciar a alguma coisa
sem ganhar alguma outra em troca.
O Universo está sempre pronto
para preencher o seu vazio,
substituindo a tristeza pela alegria,
a perda pelo ganho,
a morte pelo nascimento.
Faça a sua parte e dê uma mãozinha, tá?
Acredite mais em você!
Acredite no seu talento!
Acredite na capacidade enorme que você tem
de resolver as coisas e de absorver os golpes da vida.
Aja com o coração e deixe a sua intuição
trabalhar mais a seu favor.
Confie em Deus!
Liberte-se do passado
e de tudo aquilo que faz você se humilhar.
Chega! Basta!
Uma nova porta na vida vai se abrir.
Embora se aflija pelo que perdeu,
saiba que um bem maior virá a seguir, ok?
Cuide bem de você com força, determinação,
coragem e amor.
Vamos! Força! Coragem!
Aumente a sua satisfação de viver.

"O mundo está nas suas mãos.
Que você tenha coragem de sonhar, de correr riscos
e de viver seus sonhos"

Luis Carlos Mazzini

quarta-feira, 14 de março de 2012

A FÉ QUE VENCE O MUNDO


1 João 5(1-12)

1-Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido.

2-Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, quando amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos.

3-Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus manda-mentos; e os seus mandamentos não são pesados.

4-Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.

5-Quem é que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?

6-Este é aquele que veio por água e sangue, isto é, Jesus Cristo; não só por água, mas por água e por sangue. E o Espírito é o que testifica, porque o Espírito é a verdade.

7-Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um.

8-E três são os que testificam na terra: o Espírito, e a água e o sangue; e estes três concordam num.

9-Se recebemos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior; porque o testemunho de Deus é este, que de seu Filho testificou.

10 Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem o testemunho; quem a Deus não crê mentiroso o fez, porquanto não creu no testemunho que Deus de seu Filho deu.

11 E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho.

12 Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.

O Sábio e o Tolo


Perante Salomão duas mulheres que brigavam
Por uma criança viva elas disputavam
Mas a sabedoria venceu a confusão
pois quem é sábio edifica e apazigua a situação
Tomado de saber o rei pois fim a discussão
Traga agora minha espada
Corta esta criança ao meio, foi a sua decisão
mas uma das mulheres foi tomada de compaixão
Gritou ao Rei: Não faças tal da criança abro mão
O Sábio constrói mas o tolo destrói
O sábio entende o tolo contende
O sábio apazigua qualquer confusão
O tolo insiste com a discussão
Quem é sábio é prospero em tudo que faz
Enquanto o tolo só anda pra trás
Enquanto o sábio constrói o seu lar
O tolo na areia tenta edificar
O sábio reserva o azeite também
O tolo só gasta o azeite que tem
Com sabedoria se resolve o problema
Se faz justiça pra quem precisar
Se queres ser sábio peça sabedoria que o senhor te dá
Haja com sabedoria, se preciso abra mão
O senhor sabe de quem é a benção,
Não precisa fazer confusão
AUTOR DESCONHECIDO

O Sábio Cala


O Sábio Cala
Quem cala não consente...
Ouve primeiro e aprende
Absorve conhecimento na mente
Quem fala demais se complica
Fala coisas que não sabe o que significa
Quem silencia, respeita e admira
O sábio só observa, esconde a sabedoria
Quem não sabe, fala até se perder
Pensam que achar é saber
O homem fala a todo tempo
Não sabe parar, ouvir, por um momento
Por que suas falsas razões ninguém pode tirar
O sábio ouve a tolice, pra depois questionar
Antes seja um silencio verdadeiro
Do que palavras ambiciosas por dinheiro
Quem sabe cala, apenas fala no olhar
Quem não sabe, só faz falar e falar
Quando o homem souber se calar
Vai aprender a ouvir, depois se pronunciar
Quanta gente dizendo muita besteira
Tantas asneiras sobre a vida alheia
Quem cala não consente
Escuta primeiro e aprende
Absorve sabedoria na mente
O sábio lamenta, ouve as tolices
Questiona o que os tagarelas dizem
Quem tem boca fala o que quiser
Mas só presta atenção quem quer

Fabinho Endecha Veraz

terça-feira, 13 de março de 2012

DEUS É AMOR


1 João 4:7-21

7-Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.

8-Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.

9-Nisto se manifesta o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos.

10-Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados.

11-Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros.

12-Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor.

13-Nisto conhecemos que estamos nele, e ele em nós, pois que nos deu do seu Espírito.

14-E vimos, e testificamos que o Pai enviou seu Filho para Salvador do mundo.

15-Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele, e ele em Deus.

16-E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.

17-Nisto é perfeito o amor para conosco, para que no dia do juízo tenhamos confiança; porque, qual ele é, somos nós também neste mundo.

18-No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor.

19-Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro.

20-Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?

21-E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão.

O QUE IMPORTA É O QUE DEUS SABE AO MEU RESPEITO

A fábula do urso e o ateu !


Era uma vez um ateu.
Ele pregava suas ideias e tentava libertar cada vez mais mentes presas pela ignorância da fé em uma divindade
Andava por aí palestrando e falando aos quatro ventos que não entendia como pessoas inteligentes, se baseavam em religião e ensinamentos de uma igreja falsa e pecadora.
Não entendia como Deus teria criado 10 leis, 10 regras de ouro que você não deve quebrar, caso contrario você será enviado para o inferno para queimar, sofrer, chorar e praguejar por toda a eternidade.
Mas ele te ama.
Ele te ama e precisa de dinheiro.
Cada vez mais as instituições que ele se recusava a chamar igrejas, precisavam de mais dinheiro, instituições de fé, criadas na base de
uma pregação de bem e de dispença a valores materiais.
Certo dia este ateu estava andando por uma linda floresta.
Vendo a beleza da natureza, os rios cristalinos, o vento tocando a copa das árvores, e o cheiro das flores da primavera.
Pensava que aquele era um grande e maravilhoso acidente astrológico.
Quando de repente, detrás das copas de uma árvore, surge um grande urso pardo.
O ateu em um susto pois se a correr, olhando para as enormes garras e dentes pontudos e afiados daquele urso gigantesco que queria faze-lo de almoço
O ateu correu com todas as suas forças, mas o urso continuava atrás dele, e não parecia que ia desistir.
Até que em dado momento, o ateu tropeçou em uma pedra e caiu.
O urso que já estava bem atras dele, segurou em seus braços colocando o peso encima de seu corpo, e se preparou para golpe-a-lo antes de devora-lo inteiro.
Foi nesta hora que o ateu juntou todo o ar de seus pulmões e gritou: __ Meu Deus.
Neste momento tudo parou.
Os rios pararam de correr, o vento parou de soprar, até o cheiro das flores sumiram.
O urso que segurava o ateu simplesmente ficou parado, parecendo esperar um julgamento.
E então uma voz vinda dos céus diz:
__ Você nunca acreditou em mim, você sempre disse que este universo não era nada mais que um acidente astrológico, e que eram ignorantes os que acreditavam no meu poder, agora que estás prestes a ser devorado por uma criatura que veio de um acidente astrológico você chama por meu nome ?
E o ateu respondeu:
__ Sim senhor, sei que nunca acreditei no senhor, e seria muita hipocrisia minha pedi-lo para me tornar cristão agora, não seria ?
E deus disse:
__ Claro que seria.
E então o ateu pediu:
__ Ó senhor, então torne o urso cristão.
A voz desapareceu, tudo voltou ao normal, o urso continuava encima do ateu com olhar voraz.
Um segundo se passou e o urso, voltando seu olhar para os céus disse:
__ Ó senhor, obrigado por esta refeição.
E comeu o ateu.
AUTOR DESCONHECIDO